Projeto Auditor das Gerais reinicia visitas pelo interior de Minas

Paralisadas devido à pandemia de Covid-19, as visitas presenciais do projeto que promove o controle social foram retomadas em parceria com o MP Itinerante.

Na última quinta-feira (11/11/21), a Controladoria-Geral do Estado de MG esteve em Felixlândia¹ na retomada do Projeto Auditor das Gerais. O projeto tem como objetivo promover a cultura da transparência, da participação e do controle social para cidades do interior do estado e acontece em parceria com o MP Itinerante, projeto do Ministério Público do Estado de MG.

O Superintendente Central de Integridade e Controle Social, Thomaz Anderson Barbosa da Silva e o Diretor Central de Controle Social, Sílvio César Marani Zákhia, conduziram uma roda de conversa com os conselheiros e as conselheiras municipais.

“Depois de mais de um ano sem a realização de eventos presenciais, a retomada dos encontros com a sociedade civil, no contexto do projeto MP Itinerante, reafirma a capacidade de o projeto Auditor das Gerais comunicar de forma interativa e acessível o trabalho desenvolvido pela CGE de fortalecimento da democracia participativa, transparência e integridade” – afirma Sílvio Zákhia.

Na ocasião, apresentaram a estrutura e as competências da CGE, além dos mecanismos de controle social do Governo do Estado de Minas Gerais, tais como o Portal dos Conselhos, o Portal da Transparência, o Portal de Dados Abertos, o Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão e os canais de atendimento da Ouvidoria-Geral do Estado.

Sobre o MP itinerante 

O Projeto MP Itinerante é realizado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). O objetivo é levar o conhecimento aos cidadãos de municípios isolados para que tenham uma vida digna, uma vez que possuem difícil acesso às promotorias de justiça e têm os IDH’s mais baixos de MG.

Desde 2016, a CGE participa como parceira do projeto, conduzindo o Projeto Auditor das Gerais na programação do evento. Com esta edição em Felixlândia, o Auditor das Gerais já atendeu um público de 926 pessoas, em 32 diferentes municípios.


Imprimir